Home » Arte » Royal Picture Gallery Mauritshuis reabre em Haia

Royal Picture Gallery Mauritshuis reabre em Haia

O museu Royal Picture Gallery Mauritshuis em Haia, Holanda (foto: Ansa)

O museu Royal Picture Gallery Mauritshuis em Haia, Holanda (foto: Ansa)

 

O museu Royal Picture Gallery Mauritshuis, em Haia, na Holanda irá reabrir no próximo dia 27 de junho após dois anos de reformas. Em um edifício completamente renovado, os visitantes poderão finalmente admirar as melhores pinturas do século de ouro Holandês, entre eles obras de Rembrandt e Johannes Vermmer. 

    Uma das estrelas do museu, “Moça com Brinco de Pérola”, obra-prima de Johannes Vermmer, também poderá ser visitada. O quadro fez um tour mundial durante a reforma do museu. 

    O museu está localizado em um prédio do século XVII criado para a família real holandesa. A entrada do local também foi alterada. Se antes os visitantes entravam pela lateral de serviço, agora são recebidos na pracinha. De lá, é possível começar a visitar após subir as escadas ou pegar o elevador. 

    Na nova ala “Royal Dutch Shell” o visitante encontra um espaço expositivo, bar e a loja do museu, além de laboratório didático, biblioteca e uma sala e eventos. Para celebrar a inauguração do novo projeto foi agendada uma mostra de abertura que conta a história do museu e de seus protagonistas, numa interessante homenagem aos ricos acontecimentos deste edifício. 

    Após a festa de abertura, o museu ficará aberto gratuitamente até a meia noite do dia 27 de junho. Depois desta “mamata”, a partir de 28 de junho, os ingressos custarão 14 euros para adultos (cerca de R$42) e crianças e adolescentes até 18 anos não pagarão entrada. Os bilhetes poderão também ser adquiridos no site do museu http://www.mauritshuis.nl/en/.

    A inauguração do museu é uma ocasião perfeita para descobrir a cidade de Haia (em holandês Den Haag), residência da família real e sede do Parlamento e governo holandês. Possui uma estrutura medieval e hospeda diversos edifícios e museus interessantes.

    É possível visitar o Nieuwe Kerk, construído em 1656 e local onde repousa o célebre filósofo Spinoza; o palácio Huis tem Bosch onde reside a família real e a Grote Kerk, uma igreja do século XVI que hoje perdeu sua função religiosa. 

    Imperdível é o museu Haags Historisch Museum, que ilustra a história da cidade, além do Gemeentemuseum, que expõe uma rica coleção de quadros de Piet Mondrian. No local, entre os dias 20 de setembro de 28 de janeiro de 2015, estará em cartaz uma mostra sobre o artista Mark Rothko. (ANSA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *