Home » Entretenimento » Schoonmaker e Wiseman irão receber o Leão de Ouro

Schoonmaker e Wiseman irão receber o Leão de Ouro

A editora Thema Schoonmaker (foto: Wikimedia Commons)

A editora Thema Schoonmaker (foto: Wikimedia Commons)

 

O prêmio será em reconhecimento da carreira dos profissionais

A Bienal de Veneza anunciou que a editora Thelma Schoonmaker e o diretor e documentarista Frederick Wiseman serão agraciados como o Leão de Ouro pela carreira na 71ª Mostra Internacional de Arte Cinematográfica. O evento será realizado em Veneza entre os dias 27 de agosto e 6 de setembro. 

    Thelma Schoonmaker é universalmente reconhecida como uma das melhores editoras cinematográficas do mundo, como testemunha o fato de ter recebido três Oscar, pelos filmes “Touro Indomável”, “O Aviador” e “Os Infiltrados” e dois BAFTA, pelos filmes “Touro Indomável” e “Os Bons Companheiros”. A colaboração de Schoonmaker com o diretor Martin Scorsese foi iniciada em 1967 com a montagem de “Quem Bate à Minha Porta?”.

    Desde 1980 participou da montagem de todos os filmes do diretor, até o seu recente “O Lobo de Wall Street” (2013). Além de sua atividade como editora, Schoonmaker trabalha ininterruptamente para promover os filmes e os roteiros de seu marido, o diretor Michael Powell. Esta será a primeira vez que um Leão de Ouro pela carreira é atribuído a um editor. 

    Frederick Wiseman é um documentarista independente. Realizou 39 documentários e dois filmes de ficção. Entre os seus documentários, destacam-se títulos como “Titicut Follies” (1967), “Welfare” (1975), “Public Housing” (1997), “Near Death (1989), “La Comédie Française ou l’amour Joué” (1996), “La danse-Le Ballet de l’Opéra de Paris” (2009) e “At Berkeley” (2013, apresentado no Festival de Veneza). 

    Wiseman, que esteve presente sete vezes no festival, venceu números prêmios, entre eles quatro Emmy, um MacArthur Prize Fellowshio e um Guggenheim Fellowship. A sua obra mais recente nas telonas é “National Gallery” (2014), apresentado no último Festival de Cannes. (ANSA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *