Home » Esportes » Alemanha vence no sufoco e é tetracampeã mundial

Alemanha vence no sufoco e é tetracampeã mundial

Alemanha é tetracampeã mundial com gol de Götze (foto: EPA)

Alemanha é tetracampeã mundial com gol de Götze (foto: EPA)

 

Mario Götze marcou na prorrogação e deu título aos alemães

Com um golaço na prorrogação, a Alemanha conseguiu seu quarto título mundial na Copa do Mundo e derrotou a Argentina neste domingo (13) no Maracanã. Contando com o apoio da maior parte dos brasileiros, os alemães só conseguiram abrir o placar aos 8 minutos do segundo tempo da prorrogação. A partida começou com muito apoio dos torcedores argentinos para sua seleção. Logo aos 4 minutos, Higuaín chutou cruzado dentro da pequena área, mas Neuer deixou a bola passar pela linha de fundo. Três minutos depois, os alemães responderam com um chute parecido de Lahm, que Romero defendeu com facilidade.

    Para quem achava que a Argentina entraria fechada na defesa, a equipe tentava jogar com rapidez sempre buscando por Messi e Higuaín no ataque. Mas, a Alemanha continuava tentando impor seu estilo de jogo, trocando passes com calma.

    Após os 12 minutos, os alemães conseguiram dar uma acalmada na partida e tentava cruzamentos das laterais, especialmente com Lahm, para Klose e Müller. Aos 20 minutos, Kroos errou a saída de bola da defesa e Higuaín, sozinho, perdeu na cara de Neuer.

    No lance seguinte, confusão na grande área argentina e Müller é travado na hora do chute. Aos 27 minutos, Müller bate com o bico da chuteira e Romero defende. No rebote, Klose estava impedido.

    Aos 30 minutos, Higuaín marcou em um contra-ataque, mas o bandeira anulou o gol corretamente. Um minuto depois, o técnico Joachim Löw foi obrigado a fazer uma substituição porque Kramer, que havia batido a cabeça logo no início do jogo, saiu atordoado de campo. Em seu lugar, entrou Schürrle. E mais um dado interessante de Kramer: ele foi o primeiro jogador a estrear em uma final de Copa desde 1990.

    Aos 36 minutos, Schürrle acertou um belo chute de fora da área e obrigou Romero a fazer grande defesa. Três minutos depois, Messi ficou livre, driblou Neuer e Boateng salvou em cima linha do gol.

    Mascherano errou a saída de bola e Kroos chutou fraco e a bola foi pela linha de fundo. No último lance do primeiro tempo, aos 47 minutos, Kroos cobrou bom escanteio na cabeça de Höwedes. Ele cabeceou na trave e, no rebote, Müller estava impedido e a arbitragem parou a jogada. O segundo tempo já começou com a Argentina no ataque e, com menos de um minuto, foi marcado impedimento de Higuaín. No lance seguinte, Messi chutou cruzado e a bola passou raspando na trave de Neuer.

    A Alemanha continuava tentando chegar ao ataque trocando passes no campo de ataque, mas a zaga argentina continuava afastando os lances mais perigosos.

    Aos 14 minutos, Klose cabeceia e Romero, bem posicionado, defendeu com facilidade. Em três minutos, a Alemanha fez quatro ataques, mas não acertava as finalizações.

    Dez minutos depois, a Alemanha teve grande chance com Schürrle.

    Mas, ele se atrapalhou com a bola e não conseguiu chutar com força. Aos 33 minutos, Messi fez boa jogada, mas Neuer defende.

    Aos 35 minutos, os alemães foram para o ataque novamente, porém a zaga argentina conseguiu afastar. Na jogada seguinte, Kroos chutou fraco mais uma vez e a bola saiu pela linha de fundo. Após o lance de Kroos, o jogo ficou parado por alguns minutos porque um torcedor invadiu o gramado. Aos 45 minutos, Götze – que havia acabado de entrar – chutou fraco de fora da área e a partida foi para a prorrogação. Essa é a terceira vez seguida que um Mundial vai para uma prorrogação.

Prorrogação

    Com menos de um minuto de prorrogação, Romero faz grande defesa no chute de Schürrle. No rebote, a zaga argentina afasta o perigo. Aos 7 minutos, Palacio entrou livre na grande área e encobriu Neuer. A bola foi, caprichosamente, pela linha de fundo.

    O jogo ficou mais marcado e Schweinsteiger foi atingido por Agüero no rosto. O árbitro poupou o cartão amarelo para o argentino, que já estava amarelado por falta no primeiro tempo.
Após ficar alguns minutos fora de campo recebendo atendimento, ele conseguiu voltar ao campo.

    Aos 8 minutos do segundo tempo, Schürrle cruzou e Götze marcou um golaço para os alemães, sem chances para Romero. O alemão foi o primeiro jogador da história a sair do banco de reservas e marcar o gol do título de uma seleção.

    A Argentina se lançou para o ataque e, aos 11 minutos, Messi cabeceou e a bola passou raspando o travessão.
No último minuto, Messi teve a chance de marcar para a Argentina em uma falta, mas chutou longe do gol. (ANSA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *