Home » Manchetes » Urologista esclarece dúvidas sobre o uso no Green Laser no tratamento da Hiperplasia Benigna da Próstata

Urologista esclarece dúvidas sobre o uso no Green Laser no tratamento da Hiperplasia Benigna da Próstata

Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP) – aumento da glândula prostática – é o tumor benigno mais comum entre os homens. Estudos mostram que a HPB detectável nos tecidos tem início durante a quarta década de vida, ou seja, por volta dos 40 anos, e pode acometer até 80% dos homens com 50 anos ou mais (equivalente a 14 milhões de brasileiros), segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia. Um dos tratamentos mais modernos disponíveis no Brasil, o Green Light Laser é um dos novos tratamentos para solução do problema, com menos tempo de internação, redução da dor e melhor recuperação pós-operatória, se comparado com os métodos tradicionais.

Dr. Oskar Kaufmann (CRM-SP 104.028), urologista que integra o corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einsten, esclarece abaixo as principais dúvidas sobre o uso dessa tecnologia. Especialista em cirurgia robótica em urologia, o Dr. Oskar é graduado em Medicina pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo e com doutorado pela Divisão de Clínica Urológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), membro da Sociedade Brasileira de Urologia e da American Urological Association, Endourological Society.

1- Quais exames são necessários para se diagnosticar a Hiperplasia Benigna da Próstata?

A avaliação masculina de rotina para HPB, sugerida no IV Consenso Mundial da Organização Mundial de Saúde, envolve uma história médica, urológica e familiar detalhada, que tem por objetivo determinar a presença de sintomas, sua classificação (leves, moderados ou severos) e a resposta ao tratamento. Além da história, devem ser realizados exame físico geral e urológico completo (incluindo toque retal), fluxometria livre (medida do fluxo urinário em ml/s) e exames laboratoriais (PSA, hemograma, dosagem de glicemia de jejum e exames de urina). Após a avaliação inicial, o urologista pode solicitar exames complementares como: Ultrassonografia e Urodinâmica – este é o único exame que permite o diagnóstico de obstrução infra-vesical. Costuma ser indicado em pacientes jovens, portadores de doenças neurológicas (que podem ser a causa dos sintomas), em caso de cirurgias prostáticas ou vesicais prévias e em alguns pacientes candidatos a tratamento cirúrgico.

2- Atualmente, qual o tratamento mais moderno disponível no Brasil?

Green Light Laser é o procedimento cirúrgico mais avançado para o tratamento de HBP no País. Ele tem mostrado resultados tão eficientes quanto os métodos tradicionais, com vantagens em relação ao tempo de internação, menos dor e melhor recuperação pós-operatória. A fibra de laser é introduzida pela uretra, através de um instrumento acoplado a uma câmera de vídeo que permite a visualização do procedimento. O laser então é direcionado para o tecido prostático, que vai sendo literalmente vaporizado pela ação do “raio verde”.   Além disso, o Green Light apresenta um mínimo de sangramento porque, ao mesmo tempo em que vaporiza a próstata, ele realiza a cauterização dos vasos sanguíneos, evitando sangramento durante todo o procedimento.

3- Em quais de casos da HPB o Green Laser Light é indicado?

O tratamento cirúrgico é indicado para pacientes que falharam no tratamento clínico, para homens que não desejam usar a medicação por longos períodos, quando existem cálculos na bexiga e em casos de comprometimento do trato urinário superior (estruturas do sistema urinário constituídas pelos rins e pelve renal), de infecções recorrentes e de sangramento decorrente da HPB. A cirurgia é o método mais eficaz de tratamento dos sintomas relacionados à HPB. Nos casos mais sérios, quando a doença comprime a uretra e provoca retenção urinária, a cirurgia se faz necessária, a fim de proporcionar qualidade de vida ao paciente.

4- Quando o Green Laser Light começou a ser utilizado no mundo para tratamento dessa doença?

O Green Laser Light para o tratamento da hiperplasia benigna da próstata foi desenvolvido há aproximadamente 10 anos, sendo que os primeiros ensaios clínicos ocorreram há 5 anos. É aplicado em importantes hospitais norte-americanos, como o MD Anderson, em Houston, e o Memorial Sloan-Kettering, em Nova Iorque.

5- Por que, mesmo um paciente que toma anticoagulantes ou ácidos acetilsalicílicos, não precisa suspender o uso destes medicamentos para realização do procedimento com Green Laser?

O tratamento com o Green Light representa um avanço também para os pacientes que fazem uso de drogas anticoagulantes ou ácido acetilsalicílico, como os cardiopatas – não há necessidade de se suspender o uso do medicamento para realização da cirurgia, porque ele apresenta um mínimo de sangramento.

6- Para a cirurgia com Green laser é necessário qual tipo de anestesia?

Pode ser realizada a raquianaestesia (anestesia local que atua da cintura para baixo), ou em casos mais simples (próstatas menores) anestesia endovenosa.

7- Quanto tempo após a cirurgia com essa técnica o paciente pode voltar para casa?

A maioria dos pacientes retorna às suas atividades normais dentro de poucos dias. Atividades físicas mais pesadas podem ser realizadas dentro de duas semanas.

8- Quais são os cuidados necessários no pós-operatório?

Devem ser realizados cuidados operatórios habituais, como repouso e hidratação de rotina. Muitos pacientes nem precisam utilizar cateter (sonda na bexiga) no pós- operatório. A grande maioria tem o cateter retirado 24 horas após a cirurgia.

9- Existe uma estimativa de quantos homens já foram operados de HBP com o Green Laser, no Brasil?

No Brasil, não temos dados precisos sobre isso ainda. No mundo, cerca de 375.000 pacientes já se submeteram ao procedimento.

Perfil ;Dr. Oskar Kaufmann (CRM-SP 104.028)

Médico urologista e especialista em cirurgia robótica em urologia. Graduado em Medicina pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo e com doutorado pela Divisão de Clínica Urológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Dr. Oskar Kaufmann é membro da Sociedade Brasileira de Urologia, American Urological Association, Endourological Society. Ele acaba de retornar ao Brasil, após o período de um ano de pós-doutorado em Endourologia, Laparoscopia e Cirurgia Robótica pela Universidade da Califórnia – Irvine.  Além de integrar o corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einstein, e do Hospital do Homem, Dr. Kaufmann possui mais de 40 trabalhos publicados em veículos científicos nacionais e internacionais.

Prestige Assessoria de Comunicação e Marketing

11 Responses to Urologista esclarece dúvidas sobre o uso no Green Laser no tratamento da Hiperplasia Benigna da Próstata

  1. CARLOS JORGE DOS SANTOS OLIVEIRA

    9 de agosto de 2011 at 16:16

    Sou alagoano ,tenho 56 anos de idade, casado, pai de dois filhos, trabalho na Petrobrás e desejo saber a possibilidade de fazer este tratamento no Hospital do Homem ou Hospital Israelita Albert Einsten, sobre o uso , Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP) – aumento da glândula prostática – tumor benigno mais comum entre os homens c/Green Light Laser , novo tratamentos para solução do problema, com menos tempo de internação, redução da dor e melhor recuperação pós-operatória, se comparado com os métodos tradicionais.
    Informo que estou fazendo os exames pré-operatório c/ métodos tradicionais aqui em Aracaju e estou bastante tenso e receoso ,pois jamais fiz outra cirurgia anteriormente.

  2. Iza Zilli

    12 de agosto de 2011 at 14:33

    Prezado Carlos Jorge

    Gostaria de saber te informar sobre as suas dúvidas mas o mais correto é se informar com o canal que me enviou a matéria de seu interesse. Te passo:

    Prestige Assessoria de Comunicação e Marketing
    Tel.: (11) 3757-3512

    Renata Camargo – renata@prestigerp.com.br

    Sandra Santos – sandra@prestigerp.com.br

    Aline Corrêa – atendimento@prestigerp.com.br

    Chris Santos – christiane@prestigerp.com.br

    http://www.prestigerp.com.br

  3. Joao Marchezzi

    20 de fevereiro de 2012 at 13:40

    Por favor, gostaria de uma informação de URGENCIA E IMPORTANTE A MINHA SAÚDE DA PRÓSTATA:
    Sou portador de HPB, descoberta há 20 anos, venho sendo tratado com DOXAZOSINA.Fiz BIÓPSIA em 10/2009, negativo, mas fui acometido após o exame de SEPTOCEMIA AGUDA, internado 5 dias e fiquei bem desta.Naquela época minha PRÓSTATA tinha volume maior (122grs).
    Agora há 15 das fiz novos exames, ela está com 90 grs. e PSA em torno 10/11.
    O médico sugeriu cirugia URGENTE, pois já há ocorrencias de pequena hipertrofia da bexiga, indicando fazer o green leser.
    Tenho plano de saúde nacional/Plus, da UNIMED, mas sem condições econonimcas para custear este procedimento a nível PARTICULAR.Já tentei no HOSPITAL DO HOMEM, porém não consegui.
    ASSIM PERGUNTO SE POSSÍVEL FAZER A CIRURGIA MENCIONADA NO MEU PLANO DE SAÚDE E SE FOR PARTICULAR, qual o preço total, com todos os custos.

    Agradeço com estima, um retorno ao presente.Obrigado.JOAO MARCHEZZI/PALMARES PAULISTA/SP/20/02/2012. jmarchi1@hotmail.com

  4. Iza Zilli

    20 de fevereiro de 2012 at 17:25

    Olá João
    Outras pessoas nos pediram mais informações , como o seu caso.
    Nós só publicamos as notícias, e não temos como avaliar casos médicos, e não podemos. Mas, sempre que podemos, tentamos ajudar com informações.
    Procure o Dr. Oskar Kaufmann (CRM-SP 104.028), urologista que integra o corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einsten.Vc liga para o Hospital em São Paulo( no Google tem o tel ) e pede para falar com o setor de urologia.Qd passada a ligação Vc pede o Tel da secretaria no consultório particular do Dr Oskar Kaufmann . Explica o teu caso, que ela vai de dar a melhor solução.Ok?
    Abs
    Redação
    Ps: Lembre-se, Milagres acontecem todos os dias, é só pedir.
    Fé.Esta é a palavra, a chave, para que eles aconteçam.

  5. Lysa

    9 de janeiro de 2013 at 15:20

    Gostaria de saber se a cirurgia com Green Laser já pode ser realizada pela UNIMED em algum hospital que já faça seu uso. Meu pai tem hoje a indicação de cirurgia da próstata e já faz tratamento há muitos anos de HPB, porém tem um plano da UNIMED com cobertura nacional e gostaria de realizar a cirurgia a laser.
    Obrigada. Lysa, Campos Gerais, MG.

  6. Iza Zilli

    10 de janeiro de 2013 at 09:23

    Olá Lysa
    Vc tem de ligar para a Unimed, eles poderão responder melhor.
    Ou ligue para o Dr. Oskar Kaufmann (CRM-SP 104.028), urologista que integra o corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einsten, tel (11)) 2155-8100.
    Se quiser entre no seu site http://www.droskar.com.br , e pergunte por e-mail.
    Esperamos ter ajudado.
    abs
    Redação

  7. Carlos

    9 de março de 2013 at 12:09

    Prezados senhores como faço para ter acesso a esta sirugia – Hiperplasia Benigna da Próstata – QUAI OS PRIMEIROS PASSOS, PELO SUS É POSSIVEL SER ATENDIDO….GRATO CARLOS

  8. Iza Zilli

    9 de março de 2013 at 19:35

    Olá Carlos
    Ligue para o Dr. Oskar Kaufmann (CRM-SP 104.028), urologista que integra o corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einsten, tel (11)) 2155-8100.
    Se quiser entre no seu site http://www.droskar.com.br , e pergunte por e-mail.
    Esperamos ter ajudado.
    abs
    Redação

  9. Lucio Martins

    16 de março de 2013 at 15:33

    Realizei a cirurgia a lazer green lazer com Dr. Sandro em Campinas, foi ótimo estou me recuperando muito bem, mas gostaria de saber se meu plano Sermed de Sertãozinho não é obrigado a me ajudar, pois eles não tem este procedimento por aqui,

  10. COSME PEREIRA DE LUCENA

    13 de fevereiro de 2014 at 17:14

    Boa tarde, preciso urgente fazer essa cirurgia com o green light, não suporto mais conviver com esse problema, peço nome e telefone de alguns médicos que realizam esse procedimento e informações se a UNIMED cobre esse tratamento, se não cobre qual o custo? Muito obrigado pela atenção.

  11. IandZ

    14 de fevereiro de 2014 at 08:12

    Olá Cosme
    Entre em contato com o Dr Dr. Oskar Kaufmann, ele é médico do Hospital Israelita Einstein, a secretária poderá informar sobre a Unimed.
    Av. República do Líbano Moema – São Paulo , SP – 04533-014 Telefone: 2155-8100
    Site: http://www.droskar.com.br/
    Outras informações entre em contato com o Hospital Einstein, setor urologia
    Endereço: Av. Albert Einstein, 627 – Morumbi, São Paulo – SP, 05652-900 Telefone: (11) 2151-1233
    Site: http://www.einstein.br/
    Esperamos ter ajudado
    Vai dar tudo certo
    Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *